06 março 2012

parabéns eu

cheguei a uma conclusão enquanto lia e ouvia todos os parabéns que recebia: é uma celebração muito gratuita. eu gosto, mas fico sem saber de onde isso vem. é uma onda que começa e acaba muito rapidamente.

é diferente de ter feito algo e receber elogios. um texto, uma foto, um post, um tweet, que seja. agora, apenas por ser eu e ter 150 pessoas me celebrando, não, não vou aprender nunca a lidar ou saber agradecer. de forma que é tudo sincero a forma que fico sem jeito ou me auto-celebrarei na sexta feira de Gambiarra, um pouco mais alto (a auto celebração é uma forma de sair dessa sensação esquisita e eu aprendi com minha tia Regina).

de qualquer forma, parabéns pra mim.
olha eu aqui fazendo 23 anos.
viva eu!?


Pedro.
x