13 janeiro 2012

os clarins da banda militar

uma das melhores coisas que eu fiz na vida foi ter ido assistir Nana Caymmi cantar no CCSP da Vergueiro no final do ano passado.

soa precipitado, mas foi uma daquelas experiências reveladoras do divino, das profundidades e das elevações, da beleza, do mistério. mais uma porção de coisas que nunca se traduzirão e que eu tento colocar pra fora passado um bom tempo após o show.

lembro de Caetano citando os shows dos Rolling Stones que viu no exílio londrino em 70, meu primeiro show de Bethânia na década passada, Maíra comentando o show de Chico dessa semana no Vivo Rio.

e Nana é a maior cantora do Brasil pois opera maravilhas com um repertório que na mão de qualquer outra cantora seria apenas redundante. mas quem conhece a intimidade daquelas notas faz o que bem quer.

foi esse assunto todo e mais outros ao som de "Dora", me sentindo irremediavelmente imortal.


Pedro.
x