04 outubro 2011

nem um dia

essa semana há de passar em paz. e tudo terá que dar certo.
são poucos dias, porém, decisivos.
todo dia tem prova, todo dia tem trabalho, todo dia é menos um dia pra voltar pra casa e tentar fazer dessa vez a melhor vez (ninguém sabe, mas eu me cobro isso a última potência).

quero tanto, preciso muito.
é uma maneira de dizer: é minha vez.

Pedro.
x