11 agosto 2011

primeiro impulso, primeiro susto

Drop down diary #23

pra onde eu tô indo nesse semestre?
um lugar bom, espero. torcendo pra que o ditado que diz que"as aparências enganam" esteja certo, pois a vista daqui não é boa.

resumo: no 2º período de faculdade, tranquei uma matéria obrigatória (Fundamentos de audiovisual) pra arriscar uma optativa (Assessoria de imprensa) que não vingou - e me fez repetir - por três motivos:
- as aulas só começaram no meio do semestre
- a aula era na sexta feira de manhã
- a professora não é boa

é difícil começar matéria no meio do semestre e forçar a barra pra encaixar todo conteúdo em dois meses. a isso se soma as inúmeras festas de quinta e uma professora que exige o impossível e é verborrágica demais.

parêntesis para meu ideal de professor
(aquele que fala o necessário para a compreensão da matéria, concluiu os assuntos que começou a abordar, fala de forma clara, abre discussão em sala e termina a aula antes do horário)

mas o fato é que eu não passei. além de ter perdido uma obrigatória, não fiz a obrigatória.

por outro lado, puxei uma matéria do 3º período enquanto estava no 2º e passei (Arte e Pensamento), o que me possibilitou de pegar uma matéria do 4º período agora. é como aqueles jogos que a gente destranca um nível pra ir a outro até chegar no chefão, etc.

dessa forma, tenho 7 matérias:
quatro são do 3º período
uma é do 2º (Fund. do audiovisual)
uma é do 4º (Ética e estética)
uma é optativa

quadro de maluco, não liga.

o que eu vejo de ruim pela frente é a professora de Assessoria de Imprensa, Ednamária, em duas aulas obrigatórias nessa grade nova, matérias importantes. e eu morrendo de medo de me foder de verde e amarelo com as nossas primeiras impressões.

além dela, Leandro Mendonça, outro professor com quem já tive aula, também é um risco. ele é bacana mas se atrapalha um pouco no discurso durante a aula e pode ficar chato. torço pra que melhore também, senão fica difícil.

complicado esse horizonte. mas a idéia é sempre extrair o melhor de cada um para atravessar o processo da melhor forma possível. e isso depende muito de mim também, eu sei.

por isso é melhor as aparências ter nos enganado.

Pedro.
x