09 agosto 2011

mas o fim é demais também

(pessoa 1)
- não, valeu. nem te conheço direito, mas se for desse jeito que eu te propus, topo na boa. é em troca de nada do que eu tô pedindo.

(pessoa 2)
- não, nem por isso e nem por motivo nenhum. aliás, sem a menor possibilidade de confundir as duas coisas. não é assim. aonde você já chegou com isso também não..

(pessoa 1 e pessoa 2)
- ... interessa saber.

(pessoa 1)
- é. então...

(pessoa 2)
- pode ir

teste de detenção por senso moral
cena do juízo final

Pedro.
x