14 agosto 2011

I better call Tyrone

(Rio de Janeiro, 12 de Setembro de 2009)
(Espírito Santo, 05 de Agosto de 2011)
eu tava pensando nele como um bom pai no futuro. nem sei por que, mas ele tem vocação.
o único a quem confiar minhas neuroses, essas, crias minhas.

ele é o coração distante que espera na estação e fraterno na realidade. mas tocou aquela canção, longe de tudo que sei, não se fala mais nisso, eu sei.

me traz o sorriso do Blane a cada chegada (aquele do Wablers, de Glee, vocês sabem). e a possibilidade dele ser pra sempre o melhor amigo, o quindim com coca cola, o carioca. Isn't it bliss to you right now? E esperando na estação por muitas estações. 

por perto para que eu também possa cuidar dele não ficar muito triste. o Rio também não deixa.
e junto da minha janela de conversa instantânea, mostrando perfil por perfil dos candidatos a futuro romance dele - o qual eu irei morrer de ciúmes, obviamente.

e ainda sonha de mim. e eu finjo que finjo que finjo que não sei.

Pedro.
x