13 agosto 2011

cut the kids in half

ou The domino effect
(Season 6, episode 11)

alguma coisa está fora da nova odem mundial entre eu, Caio e Marina. os três moradores da casa (enquanto não acaba as férias de todos, pois somos em 5) e que mais refletem um sobre o outro.

durante a semana um efeito dominó bateu e fez cair um atrás do outro. nossos amores estão (ou são) distantes e isso pesa muito. por isso a queda.
escrevo no fim de sábado sabendo que hoje foi a vez do Caio.

Marina é muito bem resolvida, mas sofre coma impossibilidade de alguém próximo. quarta feira foi o dia dela espernear de raiva e tristeza por tê-lo visto passar com outra. e nós ouvimos, pacientes, durante horas ela maldizer o destino que arma toda essa trama em sua vida.

meu dia foi quinta. meu drama eu já conheço, é a distância. não sei que lua cheia foi essa, mas ela instalou uma paranóia em mim que foi dificílima de sair. e dá-lhe beber esquecer, sem sucesso. e dá-lhe uma cartela de remédio pra dormir, sem sucesso. o que restou foi sentar na cozinha e deixar my tears dry on thei own depois de um dia todo mal conseguindo respirar direito. dormi.

Caio fez o que ele sempre faz: finge que está bem e me agita pra sair. fomos pra myhouse com grau etílico alto e uma caipirinha e meia hora depois a pressão baixou, o corpo pesou e ele caiu. depois de alguma insistência ele levantou e fomos pra casa. fiquei bravo a princípio, mas depois entendi e tentei não deixar o efeito recomeçar (update: sem sucesso).

morar em uma casa onde as pessoas tem uma identidade parecida tem seus prós e contras. o humor e o astral que passa de um pro outro é visível e possível de acompanhar, um seriado onde a gente tenta assistir só as partes legais, pois como já se disse nesse episódio, "life's too short". mas também é sem sucesso.

Pedro.
x