16 junho 2011

amar é a gente querendo encontrar o que é da gente

e se eu te disser que foi amor demais? que tem um desgosto imenso de partida que faria teu sensível ser, de corpo todo, explodir de tão forte, de não aguentar? e se eu te quiser mais do que posso em um dia, numa noite, num prazo de doze horas que pode perdurar por anos (mais de 26, por certo), por tempos, mais do que você pode contar? e se eu tenho vocação pra gostar mais do Amarante, se eu for mais Julia Ornellas, for firme no que acredito - em seu ápice - igual a minha irmã? e se eu te disser que eu quero aprender a me amar e te amar também ao mesmo tempo,

você teria tempo?

Pedro.
x