10 abril 2011

desde que estamos aqui

Voltando de Sampa como da primeira vez. De certa forma, como de todas as vezes (desde que ele me disse e garantiu que não é uma partida). Com o peito cheio de amores – sãos.

Há um mito que nosso tempo é muito depressa e eu confirmo, é real. O tempo quer ser como nós, breves.

Mas eu estou voltando para um momento difícil, prevejo.
E qualquer outro momento melhor, não importa.
Nada altera minha vontade de ficar.

Pedro.
x