11 março 2011

a trapaça por trás da trapaça

A vida vai encarando a arte sem (l)imitações conforme a gente vai causando esses encontros.
Ontem foi a canção que me inspirou, hoje é o texto de ontem. E assim acontece uma infinita reciclagem de idéias e funções para alguns simples compassos pros meus passos. E mais que isso: para os meus descompassos também.

Pedro.
x