25 fevereiro 2011

tudo o que se quer

para ler ouvindo: Leo (Milton Nascimento/ Chico Buarque)


Leo,

você cantou tudo muito bonito. De um jeito tão bom que eu passei a gostar mais do que eu já gostava. Que bom poder te dizer isso e que maravilha o que você escreveu no meu disco. Beijos pra você também.

Não sabia que minha amiga já tinha morado um tempo contigo e você não sabe que meu chinchilo adora sua voz.

O que eu sabia e você também é que de onde saiu "Vou ser você" em 2008, tinha que ter mais coisa boa e teve. Eu esperei e tive, você também. Sucesso.

O que não se sabe ainda é da profundidade de "Dê" na sua voz e do por que dessa escolha, logo após "Vou ser você". Duas músicas tão dela que chega a ser patético meu coração batendo tão forte nos acordes iniciais dessas músicas.
Você sabe sem saber, mas não faz mal nenhum.

Eu sei sabendo que "Musical" com você e seu pai é linda e aquela outra em inglês também. Emocionou todo mundo. Ver você e Tulipa t(r)ocando canções com seus respectivos pais me faz lembrar do meu e das nossas rotas musicais e de como é incrível essa relação. Foi o meu pai quem me apresentou o seu pai. Os reis da cultura.

Seu show foi muito bonito e começou com a minha canção favorita. Sendo que eu tenho todo tempo do mundo pra ficar num constante religar do seu disco todas as horas.

Pedro.
x