03 dezembro 2010

um samba de adeus

Hittinng the road e descobrindo os acontecidos que não foram. As paixões que não nasceram e um futuro que não foi. Mas poderia ter sido. Se tudo fosse diferente, o começo fosse realmente o começo e não no meio, seria tão óbvio, que eu vejo com clareza de detalhes.

Ainda bem que foi tudo diferente. O melhor aconteceu e ninguém ficou triste. Até ficou, fica e pode ficar, mas por outros motivos. No outro caso seria apenas eu me sentindo só e com outro amor desfeito pela distância novamente.

Eu só.
Eu e meus inimigos.

Se o meio fosse começo.
O fim ainda seria o fim.
E estaríamos os 2 perdidos, sozinhos e juntos na chuva nos despedindo?

Pedro.
x