30 novembro 2010

something good


Agenda dos dias anteriores: trabalhos de faculdade.
Agenda dos dias futuros: mais trabalhos. 


Parece que o semestre que parecia tão próximo do fim resolveu se estender até onde pode e com isso me prender em Rio das Ostras por mais tempo. Apenas isso já seria motivo pra ficar chateado, mas tem mais que isso: desde que voltei de casa no começo de Novembro o sentimento de querer ficar em casa e não querer voltar. Daí emburro, fico triste, fico de gênio forte.

Mas por outro lado, esse fim de ano vem trazendo certa simpatia, como se fosse um prenúncio de um 2011 mais tranqüilo no que diz respeito a morar fora de casa e ter muita carência. Vou conhecendo mais pessoas, andando entre grupos que não são mais  os mesmos de sempre, gostando disso  e me arriscando a deixar as pessoas ficarem próximas.

Não tem outro jeito, se a gente não se deixa conhecer, vai viver e morrer sozinho. Eu to com uma resistência muito forte desde que cheguei de São Paulo: não participei do trote, não puxei assunto e ainda me esforcei um pouco pra desgostar mais do que gostar da minha turma. Isso mudou. Agora eu quero tudo. Quero tudo de novo: trote, conhecer, todos os bares, todas as festas e choppadas.

E o bom é saber que eu posso ter.

Pedro.
x