07 setembro 2010

domingo no parque #65

Ainda na onda de ontem, confesso que essa Gambiarra foi sensacional. Uau.
Entre a chegada e a entrada, Paah ficou bêbado.

Na pista a Vai Vai começou cedo e nem tocou o Samba enredo de 2010, senti falta.

Depois do show, veio o Hino da Gambiarra e eu passei a perceber como está se refinando a produção da Gambi. O timing está ótimo, a interação, os efeitos. Parece que é uma gambiarra, um improviso, mas é tudo bem pensado.

Essas passagens dão um movimento muito bacana pra festa. Não é só ir e dançar e beber como as outras festas e baladas. A Gambi pede interação do público, resposta a estímulos como numa peça de teatro ou numa instalação interativa.

Essa Gambi teve uma hora de entender o momento dos outros, ficar de bode e esperar um sinal pra voltar pra pista.
Horas antes eu tinha cruzado com dj Zé Pedro antes dele fazer seu set e fiz meu habitual pedido: "Zé, toca Bethãnia?".

Depois eu estava amuado e sozinho e eis que surge um mega combo de Maria Bethânia na pista. Ele sabe quem precisa ser chamado de volta. "Your disco needs you", já diria Kylie Minogue. Pedido feito, pedido aceito, vamos pra farra! E daí pra frente (com +1 tequila) ninguém mais me venceu em vibração.

Pedro.
x