15 agosto 2010

na reta pra 2000

Gambiarras a parte – eu sei que a culpa foi daquela Tequila (?). Mas também sei que acordei no Flamengo, vivo, na casa do Ty. Ok, lembro de tudo. Não aconteceu nada de errado, mas também não precisava ter bebido tanto. Fígado de 17 anos, você deixou saudades.

Fui embora sem um puto no bolso, afinal, dinheiro de bêbado também não tem dono. Minha mãe comprou a passagem em São Paulo pra eu voltar pra Rio das Ostras e eu vim. Tranquilo. Satisfeito. Passei por uma favela, bebi em Botafogo, conheci a Lapa, fui na Gambi Rio e saí ileso. Fui feliz e ansioso, voltei feliz e mais ansioso ainda.

O Rio é a minha cara.

Pedro.
x