21 maio 2010

tome nota

drop down diary 21

"Por todas as ruas onde ando sozinho,
eu ando sozinho
pensando em você."
- Torquato Neto


Nota 1: Ele merece o melhor. Isso é porque ele também não deve gostar do fácil. Eu não sou fácil, devo fazê-lo pensar assim. Há dois dias atrás eu faltei com ele. A resposta foi clara, imediata e difícil. Não sei como lidar com essas coisas ainda. Deve fazer muito tempo que eu evito de deixar as pessoas que realmente se importam comigo se chatearem.

Nota 2: Ela está retornando pro mundo de onde saímos, o colégio católico, a paróquia, o catolicismo, a pureza. Tenho medo que ela volte demais. Vejo o mito da caverna de Platão se repetindo. Será que será assim ou ela conseguirá levar tudo o que viu de fora com ela pro mundo de dentro? E quando falar as gírias, será compreendida?

Nota 3: Eu não sou fácil. Mas me faço de.

Nota 4: Sinto muita falta dela. Ainda não compreendi em nada sua partida, sua ida repentina. Parece viagem longa, parece uma estrada distante pra percorrer de volta. Mas ela se foi já faz 3 meses. Nem telefonema, nem recado, a vejo apenas em sonho. Sempre que digo isso penso que nunca acreditei em pessoas que sonham em pessoas que se vão. Mas eu sonho e não me assusto, apenas me sinto mais tranquilo. Choro um pouco ou sinto vontade, tanto faz, é lágrima do mesmo jeito (seja ela real ou idéia). Mas me acalmo.

Nota 5: Vida é partida.

Nota 6: Extremamente sentimental esses dias.

Pedro.
x