15 maio 2010

e a tristeza acabou

Uma sombra inesperada.
Uma nuvem gigante passa por cima da mim, na cama.

Me assusto mas não resisto de tocar quando ela passa e me cobre de mais escuro do que a noite lá fora.

Se derruba em mim, volta.
Se forma mais forte e eu deixo.
Ataca e eu corro.
Não desiste nunca.

É uma brincadeira apenas.
E eu que comecei.

Pedro.
x